22 outubro 2007

A angústia de Habacuque

por Davi Lago
O nome Habacuque não aparece em nenhuma outra parte da Bíblia. Ele significa “abraçar” ou “lutar”. Pouco se sabe sobre o profeta. É possível que ele tenha sido um músico do templo, pelo que se percebe no verso final “Para o mestre de música, Para os meus instrumentos de cordas”.
A data do livro pode ser calculada com base do verso 1.6, onde Habacuque fala sobre o iminente ataque da Babilônia (os “caldeus”) contra Judá. Isso situa o livro perto do fim do reinado de Josias (640-609 a.C.), ou início de Jeoaquim (609-598 a.C.). Como Jeremias, Habacuque provavelmente viveu para ver o cumprimento de sua profecia (597 a.C.).
A profecia de Habacuque é um diálogo com Deus. O profeta, como a maioria dos crentes, vive um período onde questiona Deus. Habacuque estava atormentado com a seguinte pergunta: por que Deus tolera a injustiça? (1.2-4). Ele estava angustiado ao ver tanta iniqüidade ao seu redor, e ver que Deus aparentemente não se incomodava com aquilo.
O Senhor então responde Habacuque dizendo que Judá pagaria por aqueles pecados: a nação seria dominada pela Babilônia (1.5-11). Neste momento a angustia de Habacuque aumenta. A cura parecia pior que a doença. Como Deus pode usar a nação perversa da Babilônia para disciplinar o povo de Judá? (1.12-13).
Mas em seguida o Senhor novamente responde ao profeta assegurando que Babilônia também não ficará sem punição (2.2-20).
Neste ponto o profeta entende que entre o atual pecado do mundo e o juízo final do Senhor, o justo viverá pela fé (2.4). Os crentes devem viver em total dependência do Senhor, baseada na sua fidelidade. As promessas de Deus são infalíveis. Podemos não entender tudo que Deus faz, mas precisamos ter absoluta fé e confiança que nada escapa do seu controle, que Ele jamais erra e que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que o amam. A declaração de Habacuque: “mas o justo viverá pela sua fé” (2.4) é citada três vezes no NT: Em Rm 1.17 onde o foco esta no “justo”; em Gl 3.11 onde o foco está em “como ele deve viver”; e em Hb 10.38 onde o foco está na “fé” propriamente dita. São necessários três livros para explicar e aplica esse único versículo.
Diante da resposta do Senhor, Habacuque se prostra e se coloca sobre os cuidados dele, que nunca falha, ainda que tudo o mais possa falhar. “Mesmo não florescendo a figueira, e não havendo uvas nas videiras, mesmo falhando a safra de azeitonas, não havendo produção de alimento nas lavouras, nem ovelhas no curral, nem bois nos estábulos, ainda assim eu exaltarei no Senhor e me alegrarei no Deus da mina salvação. O Senhor, o Soberano, é a minha força” (3.17-19).

3 Comments:

Blogger marcelacarol_na said...

olá davi, seu blog é bem legal. primeiro, bom... eu relmente gostaria q vc olha-se meu comentario... na verdade é mais uma pergunta.... eu já ouvi algumas pregaçoes suas. ( sou de bh e tenho mtos amigos na get, de vez em quando vou lá, vou no cogresso loucos por Jesus, no magnificat... )
acho mto legal vc saber citar tantas pessoas importantes historicamente q foram cristãs, saber o testemunho delas e tal. Acho q informações assim enriquecem e nos fazem impor respeito em conversas com naum cristãos.... gostaria de ter alguma indicação de livros onde eu encontro o testemunho ou a historia de vida desses caras... se vc puder me indicar, vou ficar mto feliz!
obrigada, carol.
ps.: eu to no seu orkut, caso vc queira me responder, eu me chamo CAROL ROCHA...

10:22 PM  
Blogger Davi Lago said...

para começar leia os livros:
1. Heróis da fé (CPAD)
2. Heróis da vida cristã (ed. Vida)
3. loucos poe Jesus vol.1
4. loucos por Jesus vol.2
5. Gigantes da fé (ed. Vida)
6. George muller (ed. Vida)
7. O diário de David Brainerd (ed. Fiel)
8. John Wesley - sua vida e obra (ed. Vida)
9. Biografia de D.L. Moody (ed. Vida)
10. Lutero (ed. Vida)

há várias biografias cristãs no site www.monergismo.com
abração,
fica na paz

4:27 PM  
Blogger marcelacarol_na said...

brigada =)

10:48 AM  

Postar um comentário

<< Home